• 28 de maio de 2020
  • 0

Denúncia: Prefeitura de Bacabal cobra 80% de propina a empresário

Uma denúncia pode desencadear uma verdadeira devassa nas contas da prefeitura de Bacabal e levar várias pessoas a ter sérios problemas na justiça.

O conhecido empresário bacabalense Marcio do Gesso, esteve hoje denunciando e prestando depoimento ao delegado titular da SECCOR (Crimes Contra Corrupção) ligado ao Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado, o GAECO, um grupo de atuação especial criado pela Procuradoria Geral da Justiça.

Segundo ele, após ter executado obras e instalado uma Subestação de Energia no Socorrão, em Bacabal, não foi pago pelo prefeito Edvan Brandão. O que é pior, é que ele declara expressamente que foi orientado pelo prefeito a procurar o Sr Emilio Carvalho para resolver a pendência, fato estranho porque o mesmo não exerce nenhum cargo na municipalidade.

Ao procurar o Sr Emilio, foi recebido pelo mesmo nao na prefeitura e sim na sua mansão, no centro de Bacabal, acompanhando do Secretário de Administração e filho do prefeito Davi Brandão.

De acordo com o empresário, a proposta apresentada pelos representantes do prefeito era somente pagar o fornecedor pelos serviços prestados “se” ele aceitasse a negociata de 20% para empresa e 80% deveria ser pagos ao Senhor Emílio e ao filho do prefeito, Davi.

São muitos os casos e indícios de corrupção, mas este depoimento e atitude está registrado e será instaurado uma investigação criminal pelo GAECO que deverá desencadear uma profunda investigação na prefeitura de Bacabal, lastreada de irregularidades como falta de transparência, enriquecimento ilícito e sem causa, desvio de recursos públicos, peculato entre outros crimes praticados pela atual gestão que está à frente da prefeitura de Bacabal.

Deixe o seu comentário