• 1 de julho de 2019
  • 0

Elba Ramalho encerra Arraial da Praça Maria Aragão que reuniu mais de 250 mil pessoas em 12 dias de programação

Uma cantora consagrada da Música Popular Brasileira e um público apaixonado pela cultura nordestina deram como resultado um show extraordinário que foi parte da programação recheada brincadeiras e apresentações de bumba boi. O palco desse grande encontro foi o Arraial da Praça Maria Aragão, que recebeu a paraibana Elba Ramalho no último domingo (30), encerrando a programação do São João de São Luís 2019, promovido pela Prefeitura de São Luís e Governo do Estado. Pelos cálculos da Polícia Militar do Maranhão, nos 12 dias de programação no espaço junino, cerca de 250 mil pessoas passaram pelo local que iniciou os festejos no dia 19 de junho. Com o sucesso do evento deste ano o arraial se consagra como o maior e mais tradicional de São Luís. 

Elba Ramalho saudou o público de São Luís iniciando o show com “Olha pro céu”, clássica composição de Luiz Gonzaga. Acompanhada pelo público, a artista logo engatou “Olha o fogo olha o fogaréu”, do grupo Chiclete com Banana e antes de começar a terceira música da noite, a cantora recebeu flores de um fã na plateia e agradeceu o carinho. Ela dançou e fez várias homenagens ao Rei do Baião. A apresentação de Elba na Maria Aragão durou pouco mais de uma hora e meia e também trouxe composições de Roberto Carlos (“Amor Perfeito”), Banda Eva (“Eva”), Chico César (“Pedra de responsa”),  e Luiz Gonzaga e Gonzaguinha (“Minha Vida é Andar Por Esse País”).

Antes do show, a cantora participou de uma coletiva com jornalistas de São Luís e falou sobre a alegria de participar do São João de São Luís. “Estou encerrando minha turnê aqui e depois viajo para os Estados Unidos (EUA) e as festas juninas são essa tradição forte aqui no Nordeste que não tem como não estar presente”, disse.

No domingo (30), também se apresentaram no terreiro junino os grupos folclóricos na Praça Maria Aragão, como o Boi Mimoso da Apae, Tambor de Crioula do Maranhão – Mestre Basílio, Boi de Orquestra Mocidade de Rosário, Novilho Branco, Cacuriá de Dona Teté e Boi Pirilampo.

Deixe o seu comentário