• 13 de junho de 2019
  • 0

Gestão do prefeito Edivaldo inaugura em São Luís Museu da Gastronomia Maranhense

A gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior realizou mais um investimento que integra o conjunto de iniciativas executadas para a valorização do Centro Histórico de São Luís. Com o Museu da Gastronomia Maranhense, entregue nesta quinta-feira (13), o poder público municipal oferece à população novo espaço cultural, contribuindo para fortalecer nos ludovicenses o sentimento de pertencimento e promovendo a valorização da gastronomia maranhense. O Museu, que foi entregue em clima de festa, será, ainda, um espaço permanente de capacitação na área da gastronomia local. O projeto é resultado de parceria com o Ministério do Turismo e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A iniciativa integra a política de fomento ao turismo, cultura, valorização do Centro Histórico e de incentivo ao desenvolvimento da economia local. “A Prefeitura entrega mais um importante elemento para valorizar a cultura local e mostrar ao mundo toda a diversidade da nossa gastronomia que é tão apreciada e as peculiaridades das nossas tradições. Com a criação de mais este espaço, vamos ofertar à população e aos turistas mais uma alternativa de entretenimento cultural. Além disso, o Museu da Gastronomia Maranhense é mais uma iniciativa pensada para a revitalização do nosso Centro Histórico e para estimular a visitação à área que, por si só, já tem tanta representatividade cultural da nossa história”, afirmou o prefeito Edivaldo.

O museu ocupa um dos mais belos casarões coloniais da Rua da Estrela, amplamente restaurado para contar a história da culinária maranhense aos visitantes locais e a turistas, que poderão se deleitar com os sabores regionais e apreciar todos os elementos que compõem a cozinha de raiz da culinária maranhense.

O vice-prefeito Julio Pinheiro, enfatizou a importância do espaço. “Através desta iniciativa da gestão municipal, estamos valorizando a trajetória e toda a história da culinária maranhense, destacando todos os povos que fazem parte dessa tradição. A culinária é um importante elemento que compõe a história dos próprios maranhenses”, disse.

SABORES

Dentre os pratos, bebidas tradicionais e representações da culinária local, o Museu da Gastronomia Maranhense destaca o cuxá e o arroz de cuxá, a torta de camarão e de caranguejo, o doce de abóbora e de buriti, além de bebidas diversificadas como sucos e licores de frutas típicas da região, como o bacuri, cupuaçu, buriti, murici, juçara, jenipapo, o guaraná Jesus, a cachaça tiquira e tudo o mais que compõe o leque de sabores da gastronomia local.

No museu, estão representados também os diversos festivais gastronômicos que marcam o calendário maranhense, como a Festa da Juçara, por exemplo, que ocorre anualmente no bairro Maracanã. Assim como também os festejos populares, a exemplo do São João de São Luís e seus elementos folclóricos como o bumba meu boi, com suas variações de sotaques, ritmos, indumentárias e instrumentos musicais.

Celeiro de produtos, especiarias e artesanato do Maranhão, a Casa das Tulhas, a Feira da Praia Grande, localizada no coração do Centro Histórico de São Luís, também está representada no Museu da Gastronomia do Maranhão. O espaço é rico na sua arquitetura colonial e também no quesito imaterial – a arte, cultura e a culinária maranhense – presentes em seus ambientes onde podem ser encontrados produtos como camarão e peixes secos, temperos diversos, farinhas, castanhas, cachaças artesanais, licores e outras bebidas tradicionais.

O visitante também vai poder se encantar com a Casinha da Roça, uma representação das casas localizadas na zona rural do interior do Maranhão. A decoração da Casinha da Roça inclui objetos domésticos peculiares a essas residências, como a lamparina, pilões, fogareiros, cofos, gamelas e, no seu interior, brincantes que dançam e cantam enquanto preparam pratos típicos, que representam a antiga e tradicional população maranhense.

Deixe o seu comentário