• 14 de June de 2017
  • 0

Lojas Americanas fecha mais uma filial em São Luis

Com saída da filial das Lojas Americanas, movimento deve cair ainda mais no shopping. O último a sair, apague a luz

A vida das empresas de shopping não tem sido fácil. Os consumidores estão gastando menos, os pequenos comerciantes que não estavam conseguindo pagar suas contas deixaram os empreendimentos e, mais recentemente, as grandes varejistas também começaram a trilhar o mesmo caminho. Em São Luís, um dos maiores exemplos de como a crise parece ser implacável com determinados setores, é o Jaracaty Shopping, que após perder algumas de suas lojas ancoras, agora vê o inevitável fechamento da filial das Lojas Americanas, que já está em ritmo de despedida, e segundo funcionários, deverá funcionar somente até o dia 22 deste mês. A loja já está desértica, com cara de mudança, poucos produtos e o pior, funcionários preocupados pois não sabem ao certo o seu destino após o fechamento.

Quem vê hoje os corredores vazios do Jaracaty Shopping, relembra que o mesmo já teve uma importante fatia do mercado, mas começou a experimentar o gosto amargo do enfraquecimento, após a saída da unidade do Viva Cidadão que funcionava no local, e era responsável por atrair um grande público, assim como a rede de fast food, Habibs, que acabou fechando as portas antes do que se esperava.

Mas a pá de cal, veio mesmo com a saída do supermercado Mateus, que mudou para uma loja própria no Renascença e levou consigo uma clientela importantíssima para a sobrevivência do shopping, que ainda tentou melhorar sua receita, passando a cobrar pelo estacionamento, medida essa que se mostrou um erro de gestão, e que afastou ainda mais a já escassa clientela do convalescente shopping.

Por fim, deixaram também o shopping, a loja Novo Mundo, outras lojas menores e quase todos os restaurantes e lanchonetes instalados na Praça de Alimentação do Shopping. Com a saída das Lojas Americanas, a única loja grande a permanecer no Jaracaty será a Le Biscuit, não se sabe até quando, mas não custa lembrar ao último a sair, que apague a luz.

Deixe o seu comentário