• 23 de julho de 2019
  • 0

Oficina oferecida pela gestão de Edivaldo promove valorização de produtos tradicionais da culinária maranhense

O Centro de Capacitação em Culinária Típica, iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, concluiu nesta terça-feira (23) a oficina de pratos à base de macaxeira, produto muito utilizado na gastronomia maranhense. A capacitação integra a programação do Férias Culturais e reuniu interessados em aprender mais sobre a culinária local. O Centro de Capacitação funciona no Museu da Gastronomia Maranhense. A oficina, oferecida pela Prefeitura de São Luís, foi realizada com o objetivo de promover a valorização de produtos tradicionais da culinária maranhense.

A primeira-dama, Camila Holanda, que acompanhou a oficina, reforçou o objetivo da capacitação. “Com estas oficinas práticas sobre a culinária maranhense, a gestão do prefeito Edivaldo promove a valorização da nossa cultura, da nossa culinária. Hoje, tivemos homens e mulheres participando da capacitação e aprendendo receitas de beiju, mingau de tapioca, entre outros pratos muito apreciados pelos maranhenses. Inseridas na programação do Férias Culturais, as oficinas do Museu da Gastronomia corrobora com o objetivo do programa, que é de resgatar elementos importantes da nossa cultura e história”, afirmou.

Nas duas primeiras oficinas realizadas pelo Centro foram trabalhados dois produtos da cozinha tradicional maranhense: milho e macaxeira. Com a realização das capacitações temática, a Setur objetiva resgatar a culinária tradicional maranhense, ao mesmo tempo em que consolida um traço cultural fundamental na construção da identidade local. Toda a parte da prática tem como orientador um chef de cozinha do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), parceiro das oficinas realizadas pelo Férias Culturais e do Museu da Gastronomia Maranhense.

No primeiro dia, os participantes receberam noções sobre história da cidade e seus atrativos turísticos, concluindo com um passeio guiado nas dependências do Museu, situado na Rua da Estrela, nº 83, no Centro Histórico de São Luís. Já na parte prática, no cardápio preparado pelos participantes da oficina não ficaram de fora os pratos mais tradicionais da gastronomia maranhense. Na oficina de maxeira, o preparo de bolo, beiju e mingau foram os principais, preparados na cozinha industrial na Setur.

MUSEU DA GASTRONOMIA

O equipamento entregue à população pela gestão do prefeito Edivaldo pertence à estrutura da Secretaria Municipal de Turismo (Setur) e está há pouco mais de um mês com as portas abertas. Em curto período, porém, o espaço se transformou em um importante endereço, visitado por turistas de outros estados e do interior do Maranhão, além de moradores da região metropolitana. O registro de presença do Museu, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados até às 12h, aponta que parte dos turistas brasileiros é proveniente da região Sudeste do país.

Deixe o seu comentário